Coluna Opinião de Quinta: Não espere. Faça acontecer !

quer-entao-faca-acontecer-porque-a-unica-coisa-que-cai-do-ceu-e-a-chuva-1155

Oi meninas, como estão?

É muito fácil falar baseado em teorias, derramar um monte de baboseiras aqui e na hora de acontecer as coisas não se realizarem de tal forma. Na prática, a teoria nem sempre funciona. Quando sim, é ótimo. Nas últimas semanas percebi um pouco sobre isso.

Defendo com unhas e dentes que devemos cultivar e viver todos os momentos, todos mesmo. Esses dias, ouvi uma senhora me contar sobre o próprio casamento. Ela não disse mais do que meia dúzia de palavras, mas eu já percebi sobre o que se tratava. Casou-se fora do país, em Los Angeles, viajou apenas para isso e me contou o acontecido. Detalhe: ela nunca tinha me visto, ou seja, contou para um alguém totalmente desconhecido.

Essa senhora estava sentada lendo um livro e tomando uma xícara de café. E eu pergunto: qual momento é mais marcante, uma viagem para o exterior para se casar ou um momento de leitura regada a café? Acredito que todos responderão que é a viagem. E por quê? Porque é um local espetacular, visitado por milhões de pessoas todos os anos e é um momento único da vida. Certo?

Mas e o livro? E o agora? E quando você está com seus pais, amigos, parceiros? Não são momentos únicos? Los Angeles não é na esquina, mas o que você vive hoje, não poderá viver amanhã. A distância dos maiores polos do mundo estão na mesma distância do agora, que ficará impossível de alcançar amanhã.

E o que isso tem a ver com os relacionamentos? Tudo. Transforme os pequenos momentos em grandes. A importância depende muito mais de você do que do próprio momento e local. A gente reclama que a vida não é um conto de fadas (e realmente não é), mas o que temos feito dela?

Quer um relacionamento espetacular? Faça-o. Esperamos muito do acaso e na verdade o acaso (pode ser) apenas a nossa atitude disfarçada. Esperamos muitos dos outros quando tudo depende exclusivamente da gente. Não queira ser feliz, escolha ser e seja.

Desejo um final de semana cheio de boas decisões para vocês.

tumblr_mcj1ebgsjf1ru6noo

#AqueleBeijo ;*

catsk

Anúncios

Coluna Opinião de Quinta: Quem disse que solidão é ruim?

tumblr_ll27o7gJ191qb4hv5o1_500_large

Alô, alô… Faaaaala meninas, tudo bem?

Estou muito feliz pela repercussão da coluna da semana passada. O texto, ao contrário de alguns colegas meus, rendeu pro dia seguinte e até pra essa semana. Super obrigado! E que tal a gente pensar numa nova enquete para as próximas semanas? Comentem sugestões.

Como não dá pra viver de passado, bora e escrever a coluna de hoje. Vim aqui partilhar com vocês do tema: solidão!

É difícil falar em solidão, principalmente porque, ao longo dos anos, nós criamos mecanismos para fugir dela. A verdade é que ninguém quer ficar sozinho. Prova disso são os orkut’s, msn’s, e agora whatsap’s da vida. Queremos estar sempre cercados de gente. Mas, com toda essa tecnologia vivemos cercados de gente, mas sozinhos.

Talvez a solidão nem seja tão ruim assim. Não é. O nosso medo é a solidão eterna e ela não existe. Na verdade temos momentos com os amigos, com a família, com todos e momentos nossos. Já dizem que quem não gosta de ficar sozinho é porque, na verdade, é uma péssima companhia. Pare de querer se atracar com o primeiro que aparece e tenha um momento de solidão!

É claro, estar todo tempo sozinho não é legal, mas às vezes, necessário. Precisamos de solidão, de silêncio, de um momento só nosso. Ficamos bitolados com meio mundo de pessoas, sentimentos, emoções, mas acabamos nem ficando junto com a gente mesmo, se curtindo, se gostando, se amando.

O maior problema dos relacionamentos que eu conheço não está na dificuldade de conversar, de sair, na rotina, mas no sentimento das pessoas por elas mesmas. Quem não se gosta não pode gostar de ninguém. Tenha, por menor que seja, um instante de solidão. Pare de ficar procurando um parceiro a todo custo e perceba a boa companhia que você pode ser. Uma vez gostando de você, tudo fica mais fácil.

Procure alguém para estar junto, mas primeiro viva e aproveite todos os momentos. Você só estará completamente em paz consigo mesma quando, sozinha, estiver em boa companhia. Aprenda a ser a melhor companhia. Seja esta boa companhia.

tumblr_lf6y1d1OGh1qbtho6o1_500

Tenham um fim de semana cheio de diversão e com uma pitada de solidão.

#AqueleBeijo ;*

catsk

Coluna Opinião de Quinta: O dilema do Sexo Casual

tumblr_m1met9qGft1rnzd90o1_500

Olá, garotas

Bem, na semana passada teve o primeiro post da pesquisa em que vocês escolheram o tema da coluna. Como terminou empatada e é uma semana cada um, lá vai o de hoje: “O dilema do sexo casual”. Antes de começar a ler, eu sugiro que você veja as Opiniões de Quinta: “Carência” e “Quanto você vale”. Partindo disso, vamos lá, rs.

Vamos às claras, ok? O sexo é uma necessidade humana. Todo mundo precisa. Uns mais, outros menos, mas todos precisam, é meio que fisiológico. Então, se você, menina, estiver com essa necessidade, SEM estar carente, SABENDO O SEU VALOR, mas, ao mesmo tempo, sem querer compromisso (se é que isso é possível), nós homens, em geral, não veremos problema.

As pessoas devem fazer o que sentem. Não ligue para o que os outros vão pensar. Viva por você, sem dogmas ou esteriótipos. Queira, calcule as consequências e tome as decisões sem medo. Sempre haverá alguém (em meio aos bilhões, rs) compatível com aquilo que você deseja. Esqueça o tal  “o que vão pensar de mim”. Faça o que você sente. Claro, antes disso, saiba se dar VALOR e perceba se isso não é sintoma de carência. (Obs: em caso de carência vá urgentemente para uma caverna e só saia quando passar).

Claro, não é aconselhável que vocês saiam por aí pulando “de cama em cama” com qualquer um. Mas isso é uma decisão muito íntima, muito pessoal, ninguém pode tomá-la a não ser você. Se você sabe do seu valor e quer “curtir” dessa maneira, faça sem medo. Mas se prefere restringir seus relacionamentos e escolher com quem irá se envolver, também faça sem medo de ser feliz. O dilema, na verdade, não é sexo casual e sim a opinião casual: “aquela menina lá já passou na mão de vários”. A gente tem medo de fazer o que sente pelo que os outros vão pensar.

Nós homens reagimos super bem. No “mercado” você achará para todos os gostos, os que querem só diversão, os que não querem nada e aqueles que querem algo sério. É só escolher. Faça os testes, converse, saia, se divirta e escolha, tem pra todos os gostos.

Mas faça mais do que sexo casual, tenha conversas casuais, dê risadas casuais, ame de forma casual, porque a vida, em si, é casual, e a felicidade (como não poderia ser diferente), também é fruto do “casual”, não há fórmulas prontas. Ache, acredite, faça, se “casualize”.

tumblr_lhwn6cVP611qes8zoo1_500

Quer ver o seu tema favorito aqui na Opinião de Quinta? É só comentar ou mandar por email🙂

#AqueleBeijo ;*

catsk

Coluna Opinião de Quinta: Como eles reagem ao término ?

tumblr_l1v1hbwcik1qbq5hso1_500

Olá, tudo certinho com vocês?

Bem, como vocês viram, nas últimas semanas fizemos uma enquete para decidir o tema da coluna de hoje. A pesquisa foi acirrada, teve várias viradas e, no fim, ficou empatada nos temas “O dilema do sexo casual” e “Como eles reagem ao término”. Sendo assim, hoje e na semana que vem, a Opinião vai falar sobre ambos. Lembrando que foram sugestões de meninas, que tal você sugerir um tema nos comentários?

Hoje é dia de debater “Como eles reagem ao término”.

Bem, é bem complexa essa pergunta. Nós homens somos meio complicados, rs. E a reação depende de vários fatores. Não vamos considerar a traição por nenhum dos lados, porque aí é bem óbvio, né? Acabou a confiança, acabou tudo. Vamos lá, primeiro: quem terminou? Se foi a mulher, nós ficamos super chateados, porque, se a gente tá junto, pode ter certeza que é pra valer. Agora, quando o homem termina, é porque não há mais esperanças na relação. A gente tenta até depois do fim.

Segundo: por quais motivos terminou? Se for por desgaste natural, a gente se sente meio impotente. É uma sensação de “dever não cumprido”. Decepcionante. Terceiro: ambos se gostam? Se os dois se gostam, o término pode ser um tempo para que vejam se conseguem ficar longe. Agora, se um dos dois não gosta, não adianta, infelizmente, não há solução, e isso é triste. Para nós é frustrante estar disposto a fazer algo por alguém e essa pessoa não corresponder nem com sentimento, nem com compreensão e, muito menos, com consideração.

Homem é orgulhoso, mas se ele gosta, vira o mundo de cabeça pra baixo, busca a lua, dá um jeito. Se você terminou o namoro, gosta dele e ele de você, o que estão esperando? O orgulho é terrível e impede que muitas coisas aconteçam. O término não é o fim do mundo, sempre serve para nos fazer crescer como pessoas e melhorar para futuros relacionamentos. Assim como vocês, nós reagimos super mal, até porque, ninguém começa pensando em terminar, certo? E não é só em relacionamentos, mas na vida: a gente não vive pensando em um fim pra nada e, na verdade, tudo terá o seu fim, assim como esse post agora, rs. Semana que vem tem o outro tema.

Quer um conselho? Engula esse orgulho e lute pelos seus sentimentos !

tumblr_lb9ysqo9bb1qbam7vo1_500

#AqueleBeijo ;*

catsk

Coluna: Opinião de Quinta: Maldita Carência !

tumblr_lg3xmxPf2E1qdghp5o1_400

Alô mulherada, como é que vocês tem passado?

Hoje o negocio tá tenso, rs. Todas as teorias que mexem nos termômetros dos relacionamentos estão sujeitas a um “vírus”, uma “bactéria”, um MALDITO estado emocional: a carência.

Se o cara está carente, esqueça os versos bonitos, o príncipe que vem no cavalo branco, as poesias, músicas, serenatas e imagens de tumblr com poesias da Tati Bernardi que ele posta te marcando nas redes sociais. Esqueça! A carência é capaz de tonar o cara mais grosso do mundo num príncipe. Como já dizem: interesse é tudo.

Mas esse interesse não está ligado ao profundo sentimento de estar com alguém para fazer a outra pessoa feliz, para estar do lado, com companheirismo, amor e dedicação. O interesse da carência é absurdamente egoísta. Você quer alguém porque PRECISA de alguém. Permitam-me citar Fresno: “eu preciso, você também. Todo mundo precisa de alguém”. Mas não quando está carente.

Nos dias de carência, nós homens – e vocês também – deveríamos nos esconder em cavernas e sair só depois que isso passasse. O problema em estar carente é exatamente a ilusão que você pode causar na outra pessoa, caso ela acredite na sua dedicação aos dois. Homem já é meio “pilantra” na conquista. A gente curte umas bandas loucas, assiste filmes que não gostaríamos e fazemos coisas que não faríamos normalmente. Tudo para conquistar vocês. Na carência isso é multiplicado. Alguns parecem (e estão) loucos.

tumblr_lfemekxbI21qfww3ro1_500

Como identificar? Tempo. Sim. O nosso amigo fiel e matematicamente (e absurdamente) frio. Dois, três dias ligando e te procurando pode ser carência. Duas ou três semanas, talvez. Dois ou três meses (aí sim), as chances diminuem bem. Mas não nos subjuguem. Quem está carente também não identifica esse estado. Só depois que passa, só no dia, na semana, no mês seguinte. Pensem assim: vocês conseguem se controlar “naqueles dias”? Não, né. Ficam irritadas e sensíveis. E é absolutamente compreensível. Com a carência é a mesma coisa. É incontrolável (mas sem a dor que vocês devem passar).

Então, na próxima vez que for começar algo, que você sorrir ao receber uma mensagem, ficar olhando se a outra pessoa está online no bate-papo, ficar fuçando as fotos e o perfil, pare, pergunte-se, identifique se há sinais de carência. Estar carente não é feio. Feio é iludir a outra pessoa apenas para se satisfazer.

O que você quer ver escrito aqui no Opinião de Quinta? Mande suas sugestões pra gente. Comentem sobre o que vocês estão achando do Opinião de Quinta. Tenham final de semana lindo (e sem crises de carência, ok?).

#AqueleBeijo;*

# ENQUETE !

Meninas, o tema da Coluna Opinião de Quinta do dia 04/09 vai ser decidido por vocês. Selecionamos três assuntos bem legais, é só votar e esperar pra conferir o resultado !

Votem à vontade !

catsk

Opinião de Quinta: Quanto você vale ?

images

Alô mulherada antenada, fazendo contato, câmbio!

Confesso que estou triste. Muito triste nas minhas reflexões. No último fim de semana, fui fazer algumas fotos para o social do jornal que trabalho. Faço isso há mais de um ano e estou acostumado com os ambientes e tipos de pessoas que encontro lá. Presenciei uma cena típica, mas que me fez refletir muito.

Abordei duas lindas meninas e pedi para fotografá-las. Peguei o papel para anotar os nomes e de repente um cara chega e abraça uma delas por trás. Continuei anotando, mas observando a situação, achei que era um conhecido. Ela se soltou dele sem entender, com cara de “te conheço?”. Aí ele estendeu a mão como quem diz: “muito prazer”. Ela virou as costas e saiu balançando a cabeça.

Ele se virou pra mim e eu, com uma risadinha de canto de boca, bati nos ombros dele como quem diz: “que pena cara, que fora”. Ele também colocou a mão nos meus ombros (foi aí que eu senti o bafão, responsável por aquela situação) e disse: “quer saber? estou pouco me lixando” (não foi exatamente essa a palavra, mas o sentido foi mantido).

No começo eu ri um pouco, confesso. Mas depois pensei: a que ponto o ser humano chegou!. Quem frequenta lugares assim é tido como “badalado”, “feliz”. Fotos nas redes sociais, copos de bebida na mão, mas é como dizem: lugares cheios de pessoas vazias. Não estou censurando quem sai e faz sua farra, cada um faz o que quer , apenas levo a reflexão de valor. Quanto você vale? Não importa o seu jeito de ser. Talvez você seja uma pessoa desprendida que consiga “passar o rodo”. Mas é possível fazer isso sem perder o “valor”? Digo isso porque sei que todos nós temos medo da rejeição e se aquele garoto “não ligou” é porque não tem mais essa noção.

Ei, garota, não importa o valor que pensam que você tem, muito menos que falam e menos ainda o que parece. O seu valor é dado por você mesma. Então, valorize-se. Porque produto barato qualquer um compra, o que não acontece com os mais caros. Valorize-se, sabe porquê? Quem ganha com isso é só você!

tumblr_l7dhsdXbJ41qd745yo1_500_large

Dúvidas? Críticas? Sugestões? Tapas na cara? Por favor, entrem em contato pra gente saber o que vocês estão achando do Opinião de Quinta. Tenham uma ótima semana e fim dela, até quinta que vem.

#AqueleBeijo ;*

catsk

Coluna Opinião de Quinta: Será que ele vai ligar ?

Alô mulherada antenada, como passaram a semana, tudo tranquilo?

Hoje eu dei uma passada aqui, mas poderia ter só ligado (vocês vão entender). O tema de hoje está em muitas letras de música, filmes e até virou clichê, é o tal do “ligar no dia seguinte”. Vamos à situação: você conhece alguém, se interessa, aparentemente a pessoa também, enfim, vocês se envolvem. Tudo soa como num conto de fadas, a noite é ótima, tudo às mil maravilhas. Vem a despedida e a pergunta: será que ele vai ligar?

tumblr_li2rbdlFlp1qglg26

Olha, se estiver interessado e não quiser parar só no primeiro encontro, se viu que você também esta afim e – principalmente – se tiver créditos, sim. Talvez pudéssemos adaptar para um “se ele te mandar um sms no dia seguinte”, que tal? Apesar de eu ser um fã confesso da ligação, do encontro, do olho no olho, os celulares e redes sociais estão dominando, então, vamos levar em consideração o sms sim.

Ele vai te ligar se quiser algo. Mas você também pode tomar a iniciativa, nada de esperar tudo dele e também nem pensar em tomar as rédeas. Use o equilíbrio, o bom senso. Talvez, o fato de ele não te ligar seja para saber se sentirá a sua falta, se irá querer te ver novamente e também, se você irá sentir isso. Mande uma mensagem. NÃO COBRE! (e também não admita cobranças). Depois que vocês estiverem casados, com quatro filhos, aí sim você poderá exigir algo dele e ele de você, do contrário, nada de cobranças.

Ligar no dia seguinte é importante para vocês e para nós também. Mas, na prática, nem sempre é decisivo no fim. Ligar ou não, não será decisivo se quando estiver com ele, não quiser estar. Homens também precisam se sentir desejados. Ligue, ou deixe-o ligar. Mais que isso, olhe nos olhos e viva a sua história dependendo o mínimo possível de tecnologias. Porque robôs não entendem de amor.

CASAL AO TELEFONE ANOS 60

Dúvidas? Críticas? Sugestões? Pedras para tacar? Por favor, entrem em contato pra gente saber o que vocês estão achando do Opinião de Quinta. Tenham uma ótima semana e fim dela, até quinta que vem.

#AqueleBeijo ;*

catsk