Descubra novos programas – Orquestra Jovem Tom Jobim

Olá Meninas =D

Como eu estou no último ano da faculdade, esse tem sido um ano repleto de programas alternativos. Ou seja, como a grana ta curta, por conta de TCC e formatura, estou buscando fazer programas que envolvam pouco ou nenhum dinheiro hahaha – quem também ta nessa levanta a mão \o/.

No sábado, eu e meu namorado resolvemos curtir um programa diferente de tudo que já tinhamos feito. Fomos ao Ciaei (Centro Integrado de Apoio a Educação de Indaiatuba) conferir a apresentação da Orquestra Jovem Tom Jobim.

Eu nunca tinha ido a um concerto, apesar de achar a música clássica muito bonita. Sim, muuuitas de vocês podem achar que é um programinha de pessoas mais velhas e realmente a maior parte do público era mais velho. No entanto, o concerto foi INCRÍVEL, uma das coisas mais lindas que já vi.

orquestra

A Orquestra Jovem Tom Jobim foi criada em Campos do Jordão e conta com 42 músicos bolsistas, da Tom Jobim Escola de Música. O objetivo da orquestra é fazer um resgate da música brasileira e claro, uma homenagem a obra de Tom Jobim.

O  concerto em Indaiatuba contou com um repertório muito bacana. Abriram a apresentação com um pouco de samba e depois trouxeram alguns clássicos da música brasileira, como a eterna Asa Branca – foi maraaavilhoso.

Eu adorei e com certeza irei em outros concertos. A entrada foi gratuita e a apresentação muito, muito bonita. Fiquei apaixonada pelo som do violino, violão celo e outros instrumentos.

Eu comprovei que dá pra fazer programas bacanas sem gastar muita grana e o melhor, vivi uma experiencia muito bacana. Super recomendo. =D

No video abaixo tem um trechinho de uma das apresentações da Orquestra, pra vocês terem uma idéia.

Beijos, Thaise

 

Anúncios

Dicas para ler mais

Olá meninas, prontas para mais uma semaninha? =D

Eu sou apaixonada por livros, sempre ameeeei ler. Porém confesso que nos últimos anos tenho lido menos – por falta de tempo e um pouquinho de preguiça, mas sempre que posso estou com um livro em mãos. Infelizmente livro é uma coisa cara nesse país, porém isso não é desculpa, afinal tem muitas bibliotecas públicas por aí. (Em Indaiatuba temos duas, confira aqui e aqui).

Bom se você, como eu, anda querendo ler mais, voltar ou começar a ler, o post de hoje trouxa algumas dicas!.

livros

Leia por prazer – Não leia porque deve ler, mas porque quer ler. Esqueça os clássicos ou os livros recomendados pelos amigos,  que estão esquecidos sobre a mesa-de-cabeceira.  Procure aqueles livros em que se perde por completo e cujas páginas não consegue parar de virar.

Encontre tempo para ler – Como eu, muita gente trabalha e estuda e realmente não sobra tempo pra quase nada. Por isso a dica é diminuir um pouquinho o tempo que passamos na TV e na internet e dedicar à leitura. Comece com 10 minutinhos e vá aumentando.

Elimine as distrações – Procure um local sossegado e tranquilo onde fique sozinha com  o seu livro. Resista à vontade de fazer outras coisas e se dedique ao livro. Pra quem está começando a ler, no inicio é difícil mesmo, mas não desista.

Apaixone-se pelos livros – É inacreditável as inúmeras histórias que aventuras que os livros escondem, ler é um ato mágico e essa magia vai modificar todo o resto que compõe a sua vida. Apaixone-se pela leitura e vai aguardá-la com ansiedade todos os dias.

Faça da leitura um hábito –  Escolha um momento no dia que sirva de impulso à leitura e leia sempre nesse momento, mesmo que seja apenas durante 5 ou 10 minutos. Pode ser no seu horário de almoço ou antes de dormir. Quanto mais insistente for, mais forte tornar-se o hábito, até que passe a ser um gesto natural.

Não faça da leitura um dever – Não coloque a leitura como uma obrigação, como algo que pode riscar depois de ter feito. Ler não faz parte do seu plano de auto-melhoramento, faz parte do plano “tornar a vida melhor”.

Descubra livros fantásticos – Fale com outros apaixonados por livros, leia reviews, se perca nas livrarias.  Há quanto tempo não visita a sua biblioteca local? Estas são todas excelentes formas de descobrir livros fantásticos!

Esqueça a velocidade de leitura – Ler não é uma competição, por isso, a velocidade que você lê e a quantidade de livros que consegue ler por mês não são importantes. O que interessa é desfrutar da leitura, por isso, demore o seu tempo. Ler é um pequeno prazer da vida, por isso, aproveite-o.

cats

Beijos, Thaise

 

Dia das Mães – Homenagem aos melhores bordões delas

Olá Meninas =D

O Blog abre uma exceção e traz um post novinho em pleno domingão.  Mais do que merecido né?! Afinal hoje é o dia delas, as mulheres mais especiais de todas nós. O Dia das Mães !

Para fazer um homenagem à minha mãe, às mamães leitoras e as mães das leitoras – jesus quanta mãe haha, resolvi compartilhar com vocês esse trabalho super legal do ilustrador Lucas Pamplona. Ele criou diversos cartazes homenageando os eternos bordões ditos por elas. Além de muito bem feito, os cartazes são super divertidos. Compartilhe ou imprima e faça um quadrinho, que tal?!

Beijos, Thaise

0c2f96b36bb9237974961a45f492c745 2cd480d019975c0bad7afae41087ea92 2ed03aeaf0b61c12a98223ad6460ea9e 3b3e3599f641711f7121f25bf53dd653 07d0064e16f07de848bdececaea94e69 17fc6c423fa537df51428ae59a01e09d 275a7d840195c895afb2888539fe7664 a17393e831a8a61582ac79f0800f14ed f10c96dfb7a6871edb1d26dd4d0bf10a

Dica de livro: Série Hush Hush

Oi Meninas =)

Após tempos procurando um livro com temática sobrenatural que realmente valesse a pena (acreditem, eu tentei vários), realmente encontrei um, ou melhor, quatro que valem muito a pena. Confiram então aqui um pouco sobre a série Hush Hush, de Becca Fitzpatrick.

112640096_1GG

A série composta por quatros livros – Sussurro, Crescendo, Silêncio e Finale,  conta a história de amor entre Nora e Patch. Desde o início, o casal mostra que é completamente diferente dos outros, não apenas por um ser humano e o outro um anjo caído, mas pela ligação entre eles.  A trama que começa centrada nesse romance, aos poucos nos faz mergulhar em um universo cheio de mistérios e segredos, onde ninguém é realmente o que parece ser. De uma adolescente comum com uma vida não tão agitada, Nora passa a ser uma mulher forte, decidida e capaz de qualquer coisa para salvar quem ama.

Em Hush Hush não temos apenas um vilão como é corriqueiro. A todo momento  Nora e Patch são atingidos por provações e indícios de que não deveriam ficar juntos e mesmo assim passam a ter mais certeza de que precisam um do outro. A relação dos dois é completamente ácida, ambos são atrevidos e teimosos e a química entre eles é completamente explosiva. É realmente delicioso de ler.

Outra coisa que me conquistou é a maneira com que Nora realmente ama Patch e faz tudo por ele, mas mesmo assim, não abre mão das outras pessoas de sua vida. A tendência de algumas histórias sobrenaturais é que a mocinha largue a própria vida para viver uma nova, mas sempre vemos que não é tanto o caso de Nora.

Para aqueles que como eu, amam romances, mistérios e ficção, Hush Hush é realmente uma série muito indicada. Cheia de aventura, amizade, amor, paixão, traição, segredos e muitas, mas muitas surpresas. De que lado você vai ficar? Anjos caídos, arcanjos, nefilins ou humanos?

Beijos, Mariah

Cidades baratas para se fazer um mochilão

Heooooow Meninas 😀

E ai, como passaram o feriado? O meu foi tranquilo, com um pouquinho de trabalho atrasado haha. Confesso que estou feliz que tenha acabado essa série de feriados, a redação lá do jornal ficou bem bagunçada com essas paradinhas.

O post de hoje vai falar de um assunto que eu amo, viagens. Quem não sonha em conhecer o mundo? Eu nunca viajei pra fora, mas depois que me formar é uma das primeiras coisas que quero realizar. Acredito que viajar, não importa o destino, é o melhor investimento pois traz diversão e conhecimento cultural.

Por isso hoje eu trouxe uma lista feita pelo site Price of Travel  , que traz as cidades mais baratas para realizar um mochilão,  A lista levou em conta: hospedagem em hostel bom e barato, três refeições diárias, dois bilhetes para transporte público e uma entrada para alguma atração cultural. Os valores estimam quanto seria o gasto diário.

 Selecionei minhas cidades preferidas.

plaza-murillo-la-paz-bolivia

# La Paz – Bolívia ($21,55): É a cidade mais populosa do país e um dos destinos mais procurados pelos turistas. Possui muitos pontos turísticos, como museus, centros históricos, igrejas e muito mais. Como eu gosto de destinos bem históricos, achei a minha cara haha. Outro ponto positivo é que brasileiro não precisa de visto.

Cartagena-Colombia-4

# Cartagena – Colômbia ($31,15): Muitas praias, comida boa, música incrível e lindos pontos turísticos. Essas são algumas das “promessas” de Cartagena, eu pelo menos fiquei bem animada. Na verdade sempre foi um sonho conhecer a Colômbia, sou muito fã dos estilos musicais vindo de lá, tá na lista pra quando eu tiver tempo (R$) haha.

ElctricoLisboaPORTUGAL

# Lisboa – Portugal ($57,08): Outro país que quero muuuito conhecer. Perceberam que eu estou contida em países mais aqui perto? É que como nunca viajei para fora, prefiro destinos que tenham a facilidade o idioma e sejam mais em conta.  Mas Portugal realmente deve ser muito bonito, com uma comida muito boa e muita coisa histórica.

istanbul-biennial_2012683b

# Istambul – Turquia ($40,11): Como muita gente, minhas atenções só se voltaram para a Turquia depois da novela Salve Jorge. Depois de ver tantas cenas lindas, fiquei louca pra ir lá andar de balão, ver aquelas paisagens lindas, conhecer as cavernas … No entanto acho que a passagem aérea deve ser bem carinha.

frequent-flier-get-to-know-antigua-guatemala-main

# Antigua – Guatemala ($29,65): Eu não conhecia essa cidade, mas me animei muito por que é uma das cidades mais históricas do mundo. Com mais de 500 anos, foi declarada Patrimônio Mundial da Unesco, possui muitas igrejas e centros históricos. Além do mais é um destino inusitado, não conheço ninguém que tenha ido para a Guatemala. =)

Meninas, tem muitas outras cidades que são ótimas opções. Acho muito válido conferir a lista completa

BeijosThaise

Eu vi: A Garota da Capa Vermelha

Oi oi oi pessoal, essa semana trago para vocês uma dica de filme. =)

Bom, sei que estou meio atrasada, afinal, o filme é de 2011, mas o problema é que eu sou uma adepta da comédia romântica, então resisti bastante à vontade de ver essa adaptação da Chapeuzinho Vermelho que tirou meu fôlego desde o trailer.

wallpaper-filme-a-garota-da-capa-vermelha-1908

canstock4121814Elenco: De cara temos como protagonista a incrível Amanda Seyfried,  no papel da Valerie – a Chapeuzinho, que caiu perfeitamente para ela. Pra fechar um triângulo amoroso temos Shiloh Fernandez e Max Irons – lindos haha Mas quem me encantou meeeesmo, além da Amanda, foi a Julie Christie, a vovozinha.

Acho que no filme inteiro, ela é uma das minhas personagens preferidas, causando arrepios o tempo todo. Uma vovozinha bem mais interessante que a do conto infantil, devo dizer haha.

canstock4121814Mistério: O que temos para esta categoria é algo que me enlouqueceu do início ao fim: Quem era o lobisomen da vila em que os personagens moram? Desde o princípio sabemos que é um morador e pode ser simplesmente, qualquer um. Sério, essa dúvida me consumiu até o último segundo. 

 Digo apenas que não vale a pena procurar na internet antes pra saber quem é o lobo. Melhor assistir até o fim. E ok, não vou dizer mais nada sobre isso hahaha.

canstock4121814Romance: Sou uma pessoa um pouco dramática e escandalosa, então, em cada cena da Valerie (Amanda) com o Peter (Shiloh) e o Henry (Max), eu surtava pensando quem enfim ela escolheria,  Não vou mentir que meu coração ainda está dividido haha, uma parte com raiva da escolha dela e outra acreditando que foi o correto. Mas enfim, isso não cabe a mim, né?

canstock4121814Conto x Adaptação: Como muitas pessoas, eu cresci com os contos infantis. Cinderela, Chapeuzinho Vermelho, Bela Adormecida e todos os outros. Mas também já li bastante sobre as versões adultas e algumas até meio macabras. Sendo assim, eu gostei de verdade da adaptação. Achei muito interessante a mudança de lobo mau pra lobisomem, a tortura psicológica que as pessoas, como eu, sofrem tentando desvendar o mistério e ainda, a mistura de drama, romance e uma pitadinha de aventura.

Espero que quem for assistir, goste assim como eu gostei… Ah, e não se esqueçam: Não falem com estranhos por aí. 🙂

Beijos, Mariah

Coluna Opinião de Quinta: Como eu era antes de você

Ela tem 27 anos de uma vida pacata, um namorado babaca e nenhuma perspectiva. Se chama Louise Clark . Ele até tinha uma vida ativa. Fazia viagens. Era o cara. Até ficar tetraplégico. Ele se chama Will Traynor. O caminho dos dois se encontra após Lou perder o estável e adorado emprego num café da cidade e precisar de um novo. Ela então é recrutada para cuidar de Will por seis meses.

O que ninguém espera, é que depois desse tempo, Will tem planos para acabar com o seu sofrimento na cadeira de rodas e é exatamente isso que Lou tentará impedir. Eis a trama de “Como eu era antes de você”, de Jojo Moyes, que – tragicamente – terminei de ler essa semana (sim, a sensação é de tragédia quando não há mais nenhuma das mais de 300 páginas para ler). Eis o tema do Opinião dessa semana. Vem junto. 🙂

02-resenha-de-livro-como-eu-era-antes-de-você

Nunca julgue um livro pela capa mesmo. O desenho rosado engana um pouco sobre a trama envolvente e sedutora. A autora consegue te cativar e levar junto com a história. Na verdade, há uma linha tênue quando se escreve sobre alguém com algum tipo de deficiência. É preciso tomar muito cuidado para não “apelar” e Jojo não apela. Se você não quiser comprar o livro, há versões online disponíveis. Minha leitura foi nas idas e vindas no ônibus, uma viagem dentro da outra. #Fica a dica.

É claro que eu não vou contar o final do livro, mas posso dizer que é fascinante viajar com a história e imaginar o final. Clark meio que vive numa crise existencial, já que a sua irmã sempre foi melhor que ela em tudo, mesmo sendo mãe solteira, e a sua família também passa por dificuldades financeiras. Além disso mostra os pais de Will, a infidelidade do senhor Traynor, a dureza da senhora Camilla, com participação da irmã dele que não mora com eles, além de Natan, o enfermeiro que cuida dos tratos médicos de Will.

A grande lição do livro é de como pessoas podem mudar a vida das outras. O livro mostra que, no dia a dia, as pessoas podem mudar, mesmo que não queiram. Aquele carrancudo Will mostra poder ser alguém melhor. Assim como a inútil e pacata Lou, se transforma em uma pessoa melhor.

E você: tem “melhorado” alguém? Sua presença, atitudes e empenho, tem feito das pessoas melhores do que eram antes de você? Não por obrigação, mas pelo prazer de fazer alguma diferença, não só nos romances, mas na própria vida. Porque não?

Leiam. É ultra recomendado. Um lindo final de semana cheio de (boas) mudanças.

#AqueleBeijo, Hugo Junior

06-resenha-de-livro-como-eu-era-antes-de-você