Opinião de Quinta: Maldito desapego

 

“Vamos às regras classe – diz a professora (sociedade), para fazermos nas provas (vida) – vocês vão ter que ser desapegados de tudo. Nada de demonstrar sentimentos muito claramente, ok?”. Quem disse isso, cara? No post de hoje, nada de desapego em relação à indignação contra essas regras idiotas. Vem comigo…

tumblr_lrdcwguSrA1qff2zyo1_500

Reza a lenda que as pessoas gostam do que não tem. Não deixa de ser verdade. Por isso, alguém, algum dia, por esse ou outros motivos, inventou a idiotice de que temos que ser desapegados. “Não demonstre muito”. “Sem muita melosidade”. “Sem muito grude”. Tudo bem que extremos nunca são legais, mas onde está a “chama da paixão” nessa nossa sociedade fria? Como uma pedra de gelo ‘pegaria fogo’? Se bem, que parecemos bem mais líquidos, na sociedade líquida do Bauman, com relacionamentos líquidos.

Nos tornamos cada dia mais frios, mais calculistas. Vítimas de uma sociedade que só visa o lucro, o lucro, o lucro. Mas pessoas não são números. Não existem fórmulas e, não, não se pode viver no piloto automático. Precisamos de mais do que apenas assinar a lista de presença. E por que não pode demonstrar? Por que? Onde estão as pessoas que mandam uma mensagem de texto? Um texto no whatsapp? Ou até um inbox, uma carta, uma flor, uma música, um abraço, um olho no olho? Nossas relações se tornam mais do que líquidas. Elas se tornam descartáveis. Enlatadas. E, o pior, frias.

Não tem problema nenhum em demonstrarmos quem somos, o que sentimos, é legítimo. É preciso ter cuidado? Sim. Não podemos nos entregar para qualquer um? Não. Mas isso não significa que nos tornaremos robôs! Vá atrás! Demonstre! Onde estão as pessoas que deixam de ser sujeitos ocultos para se tornarem sujeitos com verbos e mais verbos em relação a… (pasmem) própria felicidade. Hey, acorde!

Toma uma posição. Para de ficar de “ah, se não vier, não vou. Se não fizer, não faço”. Faça. Seja a protagonista Arrisque. Viva. Mande mensagens, demonstre, deixe aquele inbox malandro, uma mensagem de texto, abrace forte sem hora pra soltar, não se prenda à essas regras dessa sociedade auto-destrutiva que só acaba com os relacionamentos. Pratique o apego à quem te faz bem!

É hora de acordar rapazeada. O tempo está se esgotando e no final dessa história a gente morre. Então, bora pra luta!

Linda semana :* Hugo Junior

Anúncios

2 thoughts on “Opinião de Quinta: Maldito desapego

Oii, deixe sua opinião pra gente !

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s